Google

segunda-feira, 12 de junho de 2006

Porquê's...

Já alguma vez deste por ti, depois de passar a idade dos porquês (ou nao), a pensar em questões quase existenciais e às quais não encontraste resposta?

Questões do tipo:
O que são os soluços?
Porque as unhas das mãos crescem mais depressa que as dos pés?
Quantos cabelos temos?
Porque é que em algumas fotografias ficamos com os olhos vermelhos?
Como são os sonhos de um cego?
Porque é que os queijos suíços têm buracos?
Porque é que descascar cebolas nos faz chorar?
Porque é que as pipocas rebentam?
Porque é que os pneus são pretos?
Porque é que os botões dos homens e das mulheres apertam para lados diferentes?
Porque é que o céu é azul?
Porque é que o croissant tem a forma de meia-lua?
De onde vem o som de um trovão?

Podes encontrar a resposta a todas estas questões em http://vlgmc.blogspot.com/2006/05/curiosidades.html

fiquem bem

1 comentário:

Mumia Lala disse...

A idade dos porquês nunca deixa de existir, apenas deixa de ser tão frequente a procura de algo que para nós é desconhecido...
O deixar de questionar as coisas é puramente comudismo e ter vontade de ser enganada ao aceitar um qualquer tipo de justificação ou aceitar as coisas tal como elas se nos deparam...