Google

sábado, 7 de janeiro de 2006

Dedicado...

A todos aqueles que perdem tempo a navegar na internet e que gostam de levantar boatos e coisas do género. Peripécias e acontecimentos duvidosos que dão que falar e sugerem uma opinão distorcida para levantar polémica. Usar e abusar...

Não se pretende ofender nem prejudicar ninguém, apenas dar uma visão diferente de um mundo controverso em que vivemos hoje em dia. Há coisas com que nos deparamos no dia-a-dia e que não reparamos ou nos calamos, mas que no fundo nao nos são indiferentes.

Expressar a opinião hoje em dia é permitido e é isso que se pretende. Para além disso isto é também uma boa forma de perder tempo, quando se devia estar a estudar ou a fazer coisas mais uteis...


Fiquem bem

2 comentários:

Anónimo disse...

Na contingência de tais palavras serem dirigidas à minha pessoa, terei de concluir que efectivamente ainda és mais otário do que imaginava. Um verdadeiro ATRASADO MENTAL.
“Fear is not an option”? Não foi propriamente isso que sentiste quando viste um golf preto. Ou quando te escondeste em certos lençóis. “O teu irmão parecia tão pequeno.” “Estava encolhido!”, respondeu ela. Com sorte deu uma rapidinha durante a noite. Realmente sou obrigado a admitir que aí fui eu o otario. Mas enfim, por escassos segundos não ficaste esmagado contra um portão.
“Quem perde a privacidade perde tudo. E quem renuncia a ela voluntariamente é um monstro para consigo próprio”. Recorrendo a esta citação e adoptando um comportamento baseado nesse dogma, ficarás a conhecer no teu mail o 2º episódio do “Fact, you´re a good ass...” Não tivesses uma reputação a defender, garanhão do...MSN.
Por fim,5 notas:
1-OBRIGADO (sim, leste bem). Devido a ti alcancei a maravilhosa descoberta de ter perdido 6 anos da minha vida com uma PUTA.
2-OBRIGADO (sim, leste bem). Voltei a fazer a minha vida de solteiro e sem necessidade de recorrer ao HI5, blogues, etc, etc. como tu e ela. Agora recordei-me que consegui engatá-la com uma simples frase. São as vantagens da presença física. Devia ter desconfiado na altura que era mais uma grande VACA mas ela representava tão bem o papel de virgem retardatária…
3-OBRIGADO (sim, leste bem). É o que espero vir a dizer-te daqui a uns meses já que tenho esperança de vires a ser o pai. Ou ela ainda não te disse que está grávida? Está, e eu já fiz os meus cálculos. Talvez esteja na hora de fazeres os teus. Precisas saber o dia em que ela engravidou? Também eu precisava saber o último dia que a fodeste. Se este Universo é regido por alguma justiça transcendental serás tu o pai. É a única hipótese possível para eu esquecer que alguma vez existiu aquela PUTA tal como um MACACO meia leca. Para quem dizia detestar gajos macacos e mais baixos!(já agora davas-lhe pelas mamas?)Porém as mulheres são exímias na arte de bem mentir…
4-Na eventualidade do infortúnio de ser pai calhar-me a mim, nesse caso, desculpa lá mas estás fodido. Já ouviste falar em vingança? “LIfe is a lesson, you learn it when you're through”
5-Tens o livre arbítrio para lhe divulgar este post, no entanto faço-te lembrar que vivo diariamente num autêntico purgatório em virtude de não querer prejudicar um ser totalmente inocente neste processo verdadeiramente kafkiano. Um ser que pode ser meu ou teu. Recorda estas palavras.
Fica bem PALHAÇO e voltando a citar os teus slogans com que tanto te gostas de enganar, don`t worry, be (very) happy.

ricardo disse...

raiva....mta raiva...sinceramente datas e nomes n são cmg...mas foda-se eu costumo-me lembrar das coisas importantes...e de facto n me recordo deste "macaco" andar a apaixonar-se por mulheres de outros...pecado mortal. conhecendo como conheço seria impossivel. alem disso na altura descrita nos andavamos numas andanças mto menos interessantes.