Google

terça-feira, 21 de novembro de 2006

Ao menos fotos...

É verdade, sou mesmo um desnaturado! Ainda não consegui arranjar 30 minutitos para vir aqui escrever qualquer coisa de jeito. Mas enfim...

Long story short, após a viagem que correu bem (a partida de Newark para San Antonio atrasou-se mas o piloto recuperou bastante tempo durante o voo), foram as instalações aqui no DLI (Defense Language Institute), Lackland AFB, San Antonio, Texas, USA, Continente Americano, Planeta Terra (embora nem sempre se note que é o mesmo planeta).

Como disse no título, já que não dou notícias como deve ser, ao menos que haja fotos. Por isso ficam já aqui com algumas fotos da viagem de Lisboa até San Antonio:



As condições aqui são bastante razoáveis, se ignorarmos o preço que estamos a pagar pelo quarto e a qualidade da comida. Mas também não podia esperar muito mais do Amigo Inn (refeitório cá do sítio), tendo em conta que o preço médio de um refeição ronda os $2.50 (menos de 2€). No entanto os quartos não são nada maus e as instalações a nível do espaço das salas, biblioteca, desporto e afins está bastante bem. E para os mais curiosos fica já aqui também fotos do quarto:



Em relação ao nosso maquinão, aquele que é, provavelmente, o melhor carro do mundo, ainda não há fotgrafias dele, mas deixo-vos com um video de um idêntico ao nosso. A maior diferença é o painel de instrumentos que não é, obviamente, branco como o que aparece no video. De resto é quase igual, mesma marca, mesmo modelo, mesma cor. Aqui está o bicho:



Muitas pessoas me perguntaram já: "Então como é estar aí na America?", ao que eu respondo: "É igual a estar aí só que estou noutro sítio.". Já falei desta comparação a algumas pessoas, mas vou repetir porque acho que facilita a compreensão. Deixar de estar em Portugal para passar a estar no Texas é tipo fazer 18 anos. Muita especulação, muita espectativa, muita emoção... mas depois chega à altura e perguntam-nos: "Então como te sentes com 18 anos?", ao que se responde: "Na mesma!".
É verdade que as coisas são diferentes, as pessoas são diferentes e aqueles que nos são mais queridos não estão tão perto (fisicamente) como poderíamos querer, mas sabemos que estão lá e o céu aqui também é azul, respira-se ar na mesma, o sol levanta-se de um lado e põe-se do outro com a mesma pressa que do outro lado do oceano.

Abreviando, no nosso primeiro fim-de-semana cá, contámos com a presença do shô Gonçalo Mourato, Ricardo Santos, João Gonçalves e até o Pardalouco Francisco Peres apareceu. Vieram cá receber-nos (leia-se, beber as Margueritas) e mostrar-nos mais ou menos os cantos à casa.
Depois de regressarem a Laughlin, eu e o João continuámos a nossa cruzada por San Antonio e, pelo que parece já há um sitio ou outro que andámos a fazer progressos em relação a eles, mas isto partilha-se tudo!

Apróxima-se o fim-de-semana grande (4 dias), devido ao Thanksgiving Day. Falou-se em ir visitar Austin, afinal parece que não... logo se vê! O que é certo é que a maltinha de Laughlin vem cá outra vez, vai ser bonito vai...


Um GRANDE abraço para esse lado do oceano, vou tentar escrever mais frequentemente,
Diogo Bento

P.S.: As raparigas cá são todas gordas e feias!
P.S.2: OK, eu confesso... não são todas :)


2 comentários:

nocas disse...

Ja vi q ta tdo bem por ai...!fico contente:D vai dizendo coisas:) um beijinho

cacau...clau....priminha mais velha...whatever....lol disse...

Ah e tal gostei de ver as belas das instalações e tal e coiso....sim senhor assim fico muito mais descansada em relação ao bem estar do meu priminho mais novo....vi o aviao...a casa...o carro...a tv e a torradeira.....e ja nao foi nada mau....resta saber para quando a foto RECENTE com a barba por fazer.... :P bjocasss da tua priminha mais velha loool